E-COMMERCE NA CONTRA MÃO DA CRISE

E-COMMERCE NA CONTRA MÃO DA CRISE

Sem deixar a “peteca cair”, as vendas virtuais tiveram um crescimento de 7,4% em comparação com o ano anterior, registrando assim, R$44,4 bilhões de faturamento. Vale detalhar, entretanto, que houve muito trabalho, divulgação, estratégia de preço, pagamento e mercado para manter os consumidores consumindo. E deu certo.
Read More »